“O Lugar da Teoria-Metodologia na Cultura Histórica” de José Carlos Reis

Divulgo aqui um importante artigo de 2011, de autoria do prof. José Carlos Reis (UFMG), cujo título é bastante direto e deixa seu objetivo explícito: qual é o lugar da teoria da história e da metodologia da história em nossa prática profissional? Se grandes historiadores como Michel de Certeau já diziam que a “prática sem teoria desemboca necessariamente, mais dia menos dia, no dogmatismo de “valores eternos” ou na apologia de um “intemporal”.”, para outros, como Pierre Chaunu, apenas os “grandes mestres” deveriam operar o esforço reflexivo que as disciplinas da teoria e da metodologia implicam.

Cito, então, parte do último parágrafo do texto de José Carlos Reis, que me parece positivamente provocativo:

Está longe de mim a pretensão de encerrar a polêmica com essa simples comunicação e até admito que seja possível que esteja equivocado, que esteja defendendo uma posição superada, talvez eu seja já um “dinossauro historiográfico”, daqueles que propõem discussões que não interessam mais a este presente cultural pós-1989. Por isso, estou curioso e atento, quero saber o que pensam os jovens historiadores da era pós-1989 sobre o lugar da teoria-metodologia na cultura histórica como ensino e pesquisa.

Link para o artigo: clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s